A Guerra Contra os Humanos

Carregando...
GD Star Rating
loading...

A Guerra Contra os Humanos

A Guerra Contra os Humanos (The War on Humans) é um documentário de 31 minutos produzido pelo Discovery Institute que mostra como amor aos animais pode-se tornar uma obsessão.

Os humanos seriam o inimigos? Os porcos e as ervilhas têm direitos constitucionais? The War on Humans critica esforços crescentes para desprezar o valor dos seres humanos em nome de salvar o planeta. O documentário investiga os pontos de vista dos animólatras que desejam conceder direitos legais a animais, plantas e à “Mãe Terra”, e que querem reduzir a população humana para 10% da atual.

Em poucas linhas, o vídeo mostra como a animolatria, ou ecofascismo, ao igualar o ser humano a um animal, significa, na prática, relativizar e até retirar sua dignidade e direitos naturais do homem. É apresentado por um participante sênior do Discovery Institute, Wesley J. Smith, autor de um e-book complementar com o mesmo título.

A animolatria é uma posição esquerdista que recebe pouca atenção, mas faz parte do que chamamos de Marxismo Cultural e consiste, basicamente, na vitimização extrema dos animais e na criminalização do ser humano. Animólatras (que se chamam de animalistas) pretendem impor o veganismo e uma campanha de ódio contra quem consome produtos animais e seus derivados. Segundo os seguidores destas ideias, o “especismo” consiste na crença de que os animais são inferiores aos humanos e sem direitos, e se dizem o combatentes deste termo que foi fabricado por eles mesmos. Na realidade, animais são mesmo inferiores aos seres humanos biologicamente, ontologicamente e em termos de dignidade, e não tem os direitos naturais que os homens possuem.

O Catecismo da Igreja Católica ensina que o amor aos animais é virtuoso, mas não pode ser desordenado, pois assim constitui em um grave ataque à dignidade humana:

“2416. Os animais são criaturas de Deus. Deus envolve-os na sua solicitude providencial. Pelo simples fato de existirem, eles O bendizem e Lhe dão glória. Por isso, os homens devem estimá-los. É de lembrar com que delicadeza os santos, como São Francisco de Assis ou São Filipe de Néri, tratavam os animais.”

“2417. Deus confiou os animais ao governo daquele que foi criado à Sua imagem. É, portanto, legítimo servimo-nos dos animais para a alimentação e para a confecção do vestuário. Podemos domesticá-los para que sirvam o homem nos seus trabalhos e lazeres. As experiências médicas e científicas em animais são práticas moralmente admissíveis desde que não ultrapassem os limites do razoável e contribuam para curar ou poupar vidas humanas.”

“2418. É contrário à dignidade humana fazer sofrer inutilmente os animais e dispor indiscriminadamente das suas vidas. É igualmente indigno gastar com eles somas que deveriam, prioritariamente, aliviar a miséria dos homens. Pode-se amar os animais, mas não deveria desviar-se para eles o afeto só devido às pessoas.”

Portanto, o animalismo não passa de mais uma ferramenta politicamente correta e, como tal, seu objetivo é promover mais divisão na sociedade enquanto aumenta o poder do estado, que invariavelmente se oferece como a grande solução para os “problemas”.

O vídeo foi traduzido e legendado para o Português pelos Tradutores de Direita.

Saiba Mais

  • Tradução: Renan Poço
  • Revisão: Israel Pestana
  • The War on Humans – Vídeo original

Deixe um comentário

Adicionado Em: 8 de julho de 2017

Visualizações: 95

Duração: 31:07

Categorias: Documentários

Tags: , , ,

Canal: Tradutores de Direita

GD Star Rating
loading...

Este Link: