Conservador preso durante palestra Bolsonaro

Carregando...
GD Star Rating
loading...

Conservador preso durante palestra Bolsonaro

Conservador é preso durante palestra de Bolsonaro em Belo Horizonte, na sexta-feira (15/09/2017). Ele já foi solto, porém é interessante notar o caráter político do ocorrido.

Caio Bellote Delgado Marczuk e seu amigo Richard Rocha foram detidos durante a uma confusão na porta da Universidade Fumec, no bairro Cruzeiro, região Centro-Sul de Belo Horizonte, após uma palestra do Jair Bolsonaro nesta ocasião.

“Um grupo de ativistas LGBT estava fazendo dança erótica na rua, em frente a Fumec, e fechando a via. Eu estava filmando quando, de repente, um destes ativistas começou a me provocar, a falar coisas absurdas e de baixo calão. Um outro chegou perto da minha esposa e disse que ia matar ela, ameaçou, falou no ouvido dela. Aí começou uma discussão com outro ativista. Eu fiz comentários jocosos a respeito da pessoa ser magra. Depois disso nos agrediram, deram um soco na cara do Richard, um botão da camisa dele até saiu. O Richard, inclusive, é negro e foi chamado de macaco por eles. Agora estamos aqui e vamos registrar uma queixa-crime contra eles por ameaça, injúria racial, calúnia e agressão”, afirmou Caio Bellote.

“Me agrediram lá. Éramos quatro pessoas contra umas 50. Fui chamado de macaco e a mesma pessoa que agora nos acusa de racismo, não veio na delegacia, enviou outra”, disse Richard Rocha.

Marczuk e Rocha foram liberados no domingo (18/09) e, felizmente, os magistrados tiveram bom senso: juiz que presidiu o caso diz não ter entendido o motivo da detenção e o próprio promotor se mostrou favorável a soltura.

A dupla disse que também vão registrar queixa-crime contra os envolvidos por ameaça, injúria racial, calúnia e agressão.

Deixe um comentário

Adicionado Em: 18 de setembro de 2017

Visualizações: 32

Duração: 05:20

Categorias: Notícias

Tags:

Canal: Terça Livre

GD Star Rating
loading...

Este Link: