Elementos do Conservadorismo

Carregando...
GD Star Rating
loading...

Elementos do Conservadorismo

Neste vídeo, o escritor e cientista político Bruno Garschagen enumera os elementos do Conservadorismo, dando início a sua série de vídeos a respeito do Pensamento Conservador.

Aqui, ele cita e discorre brevemente sobre nove pontos que são comuns a este tipo de pensamento, baseando-se no Conservadorismo Brasileiro e o Britânico:

  1. Transcendência – O conservador reconhece que a religião é essencial para o bom funcionamento da sociedade, mesmo que ele seja ateu ou agnóstico.
  2. Natureza Humana – O conservador acredita que os seres humanos são desiguais por natureza, com o sistema se adequando a tais diferenças biológicas das pessoas;
  3. Hierarquia – O conservador valoriza a hierarquia, pois esta permite a geração de uma ordem mais saudável na sociedade;
  4. Aristocracia – A aristocracia, o governo dos melhores, é vista como virtuosa pelo conservador;
  5. Autoridade – O conservador reconhece a importância da autoridade de ordem, porém isso não é nem de perto o que é chamado de autoridade hoje em dia. Este conceito foi corrompido e passou a conotar um autoritarismo tacanho que de conservador não tem nada;
  6. Liberdade de Espírito – A liberdade interna é fundamental à construção de uma liberdade política;
  7. Liberdade Política – A visão de liberdade política é importante para o conservador, mas não é o elemento supremo que vai moldar a cosmovisão do pensamento, ao contrário do que acontece com o Liberalismo;
  8. Liberdade de Mercado – O conservador preza a liberdade econômica mas entende que esta não é absoluta e não deve por em risco o funcionamento saudável da sociedade.
  9. Tradição – O conservador considera que a tradição é importante pois nos liga ao que foi construído no passado, sendo fundamental para a nossa sociedade atual. Não confundir com tradicionalismo, que pode ter inúmeros significados, inclusive gnósticos e condenáveis. O conservador preza o que ele sabe que é bom, não prega uma volta ao passado.
  10. Restauração – O conservador pretende restaurar elementos de virtude que se perderam por algum motivo, mas não advoga uma restauração do passado, o que não passa de romantismo bobo.

Lembramos que isso é apenas uma pincelada rápida sobre o assunto e o Conservadorismo deve ser estudado com cuidado pela a pessoa que quer entender o pensamento.

95% das pessoas que se dizem conservadoras defendem, na verdade, alguma bizarrice subjetiva ou veste o espantalho que esquerda criou para os conservadores, que é apenas algum reacionarismo bobo e tacanho.

Adicionaremos mais vídeos do Garschagen sobre este assunto aqui, no Direita.TV.

Deixe um comentário

Adicionado Em: 16 de março de 2017

Visualizações: 81

Duração: 08:58

Categorias: Curtos

Tags: ,

Canal: Bruno Garschagen

GD Star Rating
loading...

Este Link: