Saint James Church Massacre: Cinco Tiros E Mil Vidas Salvas

Este é um texto de autoria do presidente do Movimento Viva Brasil, Bene Barbosa, que estava publicado na página oficial do MVB no Facebook. Achamos prudente publicar aqui, de modo a arquivar o texto, que é importante, em vista de todo o debate em torno da revogação do Estatuto do Desarmamento.

No dia 25 de julho de 1993, mais de mil pessoas lotavam a igreja St. James, localizada no subúrbio da Cidade do Cabo, na África do Sul. Tudo corria normalmente em mais uma noite de culto até que quatro terroristas invadiram o local, lançando granadas e abrindo fogo com seus fuzis. Em trinta segundos, onze pessoas morreram e cinquenta e oito foram feridas.

O ataque fora planejado e ordenando por Letlapa Mphahlele comandante do Exército Popular de Libertação Azanian e executado por Sichumiso Nonxuba, Bassie Mkhumbuzi, Gci Makoma e Tobela Mlambisa. Em entrevista, anos mais tarde, o sanguinário Letlapa afirmou friamente: “nós pensávamos que a igreja era uma zona livre de armas. Mas menino, você tinha uma surpresa para nós.”

Não, não era uma “gun free zone” e o menino ao qual se referiu o terrorista era o jovem missionário Charl van Wyk que, armado com um simples revolver calibre .38SPL, com capacidade para apenas cinco cartuchos, abriu fogo contra os assassinos. Um deles foi ferido e os demais saíram em disparada, abandonando o plano de incendiar a igreja com todos os sobreviventes dentro. Aqueles cinco disparos foram responsáveis por salvar mil vidas inocentes.

Após o episódio, Charl van Wyk, se tornou ferrenho defensor do direito de defesa e do fim das chamadas zonas livres de armas, em especial nas igrejas, que são alvos frequentes de ataques pelo mundo. Essa é a missão do verdadeiro pastor: defender e promover a defesa de seus rebanhos. Enquanto aqui, em terras brasilis, malafaias e maltas continuam pregando a rendição e o desarmamento de suas ovelhas. Os lobos agradecem.

1078

Deixe um comentário

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!