Bernardo Küster comenta sobre a ditadura LGBT que pode ser imposta pelo STF

GD Star Rating
loading...

Bernardo Küster comenta sobre a ditadura LGBT que pode ser imposta pelo STF

Bernardo Küster comenta sobre a ditadura LGBT que pode ser imposta pelo STF, com o julgamento da tal ADO 26 (Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão), que quer igualar “homofobia” com racismo e criminalizar qualquer crítica às condutas homossexuais.

Küster argumenta que, além do patente ativismo judicial, algo inconstitucional e eminentemente antidemocrático, esta negociata do STF tem o propósito de criar uma enorme arbitrariedade que resultará em uma insegurança jurídica gigantesca para todos. Ele também expõe a subjetividade da definição de homofobia, o que potencializa esta consequência direta desta jogada.

O Presidente Jair Bolsonaro, por intermédio do Ministro da Advocacia Geral, André Mendonça, fez a sustentação oral no STF contra a tipificação da “homofobia” como se racismo fosse.

Veja mais

Adicionado em: 14 de fevereiro de 2019

Visualizações: 89

Duração: 09:09

Categorias: Comentários

Tags: , , ,

Canal: Bernardo Küster

GD Star Rating
loading...


Link:

Direita Realista no Telegram

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados