Guilherme Freire – 1984

Guilherme Freire analisa a obra clássica 1984, o romance distópico de George Orwell que alguns palhaços – incluindo, mas não limitando-se aos parasitas estatais – acham que é manual de instruções. Acesse aqui a descrição completa.


Descrição

Neste vídeo, o professor de Filosofia Guilherme Freire analisa a obra clássica 1984, o romance distópico de George Orwell que alguns palhaços – incluindo, mas não limitando-se aos parasitas estatais – acham que é manual de instruções.

Orwell foi um escritor, jornalista e ensaísta político inglês que lutou do lado dos comunistas durante a Guerra Civil Espanhola, viu as atrocidades que o próprio lado dele cometeu contra os anarquistas, entrou em choque e, como era versado em literatura clássica e se sentiu na obrigação de fazer uma exposição de ideias que levam a esse tipo de autoritarismo e confusão e mental.

Freire argumenta que o ponto central da obra é relação entre inteligência e esse autoritarismo.

Além disso, tematicamente, 1984 centra-se nas consequências do totalitarismo, vigilância em massa e arregimentação repressiva de pessoas e comportamentos dentro da sociedade. Orwell modelou o governo autoritário no romance após a Rússia stalinista, mas, como Guilherme Freire demonstra, este encontra paralelos em outros regimes contemporâneos, inclusive os que querem implantar.

O vídeo é muito interessante e vale a pena assistir.

Veja também

Mais informações

Disclaimer: exceto quando explicitado na publicação, não temos nenhuma ligação com o conteúdo divulgado ou seuu(s) criador(es). É também interessante notar que, apesar do nome do site, nem todo conteúdo publicado aqui pode ser rotulado como "de direita" ou de algo que o valha. Pode ser simplesmente algo interessante e/ou edificante que mereça ser arquivado ou pra realizar um simples registro histórico. Saiba mais sobre o Direita.TV aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *