Haddad é multado por impulsionar conteúdo negativo contra Bolsonaro

Fernando Haddad é multado por Edson Fachin por impulsionar conteúdo negativo contra Bolsonaro. Segundo o ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), a conduta do petista é uma “afronta à lei das eleições”. Ele v ai ter que pagar uma multa de R$ 176.515,18 agora.

Durante as eleições 2018, o Google teria colocado como 1º resultado na busca “Jair Bolsonaro” o site “A Verdade sobre Bolsonaro”, com conteúdo crítico ao então candidato do PSL à Presidência da República. Segundo o Fachin, comprovou-se que a campanha do petista contratou o impulsionamento por R$ 88.257,59 (metade da multa), conforme documentos do Google, que foi inocentado no processo.

O ministro afirma, na decisão (que pode ser acessada na íntegra aqui), que o “conteúdo impulsionado deve necessariamente promover ou beneficiar os candidatos ou suas agremiações”.

Abaixo, Felipe Moura Brasil, Augusto Nunes e José Maria Trindade falam sobre a multa de 176 mil reais imposta ao petista Fernando Haddad por impulsionamento irregular de conteúdo contra Jair Bolsonaro durante a corrida presidencial de 2018:

Mais posts sobre as Eleições 2018

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!