Paul Joseph Watson – A real sobre o banimento de muçulmanos nos EUA

Paul Joseph Watson manda a real sobre o banimento de muçulmanos nos EUA é que simplesmente não é um banimento de muçulmanos nos EUA. Acesse aqui a descrição completa.


Descrição

A real sobre o banimento de muçulmanos nos EUA é que simplesmente não é um banimento de muçulmanos nos EUA.

É isto o que “editor at large do Info Wars“, Paul Joseph Watson explana e comenta, neste vídeo, junto com a hipocrisia de quem condena o suposto banimento, sem ao menos saber que não se trata disso, mas nada fala do banimento e da perseguição de cristãos, judeus, mulheres e gays em países islâmicos.

O vídeo foi traduzido e legendado para o português brasileiro pelos Tradutores de Direita. Esta versão PT-BR foi publicada originalmente no dia 30 de janeiro de 2017 em seu canal. O texto abaixo foi retirado e adaptado do próprio:

‘Se você acompanha a cobertura da grande mídia, agora apelidada de fake news, você provavelmente ouviu falar que Donald Trump proibiu todos os muçulmanos de entrarem nos Estados Unidos. Entretanto, na verdade, trata-se de uma proibição temporária ligada a lista de países criada pela administração Obama.

Watson detalha a hipocrisia esquerdista que ignora que Obama fez a mesma coisa pelo dobro do tempo, entretanto, muitas celebridades com “verified accounts” no Twitter compartilharam informações falsas sobre o banimento temporário apelidado de “#muslimban”.

Se ignoram propositalmente ou se é por falta de conhecimento são duas hipóteses prováveis, visto que celebridades são conhecidas por sua hipocrisia e analfabetismo funcional.’

Mais

Mais informações

Disclaimer: exceto quando explicitado na publicação, não temos nenhuma ligação com o conteúdo divulgado ou seuu(s) criador(es). É também interessante notar que, apesar do nome do site, nem todo conteúdo publicado aqui pode ser rotulado como "de direita" ou de algo que o valha. Pode ser simplesmente algo interessante e/ou edificante que mereça ser arquivado ou pra realizar um simples registro histórico. Saiba mais sobre o Direita.TV aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *