São Francisco de Assis [Filme] (Vídeo)

Descrição

São Francisco de Assis (Francis of Assisi) é um filme americano dirigido por Michael Curtiz, baseado no romance “The Joyful Beggar” de Louis de Wohl que foi filmado na Itália e lançado em 1961.

O filme dramatiza a vida do santo católico Francisco de Assis, o frei romano que fundou a Ordem dos Frades Menores, a Ordem das Clarissas, a Terceira Ordem Regular de São Francisco e a Custódia da Terra Santa. Uma das figuras religiosas mais veneradas na história e um dos mais populares santos, ele foi canonizado no dia 16 de julho de 1228, dois anos após sua morte, no dia 3 de outubro de 1226.

O seu dia é celebrado hoje, no dia 4 de outubro.

Enredo

Francisco Bernardone (Bradford Dillman) é o filho de um rico mercador de tecidos em Assis que desiste todos os seus bens terrenos para se dedicar a Deus. Clara (Dolores Hart) é uma jovem aristocrata que, de acordo com o filme, é tão inspirada por Francisco que ela deixa sua família e se torna uma freira. Na época, no ano de 1212, Francisco tem uma firme reputação pelo seu voto de pobreza. O filme segue narrando os milagres, como o aparecimento dos estigmas nos pés e mão de Francisco, e outros aspectos de sua vida, incluindo sua morte, em 1226. O funeral convinha um homem amado pelos homens e pelos animais, e terminou com os pássaros que ele tanto amava fazendo uma revoada.

Curiosidade

Dois anos depois do lançamento do filme, Dolores Hart, a atriz de 24 anos que fez o papel de freira no filme se tornou uma freira na vida real, na Abadia de Regina Laudis em Bethlehem, Connecticut.

Conteúdo relacionado

Mais informações

Disclaimer: exceto quando explicitado na publicação, não temos nenhuma ligação com o conteúdo divulgado ou seuu(s) criador(es). É também interessante notar que, apesar do nome do site, nem todo conteúdo publicado aqui pode ser rotulado como "de direita" ou de algo que o valha. Pode ser simplesmente algo interessante e/ou edificante que mereça ser arquivado ou pra realizar um simples registro histórico. Saiba mais sobre o Direita.TV aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *