Juiz que pretendia recolher urnas eletrônicas na véspera da eleição é afastado

Juiz que pretendia recolher as urnas eletrônicas na véspera da eleição é afastado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Segundo o Antagonista (via Crusoé), Eduardo Luís Rocha Cubas, do Juizado Especial Federal Cível de Formosa (GO), teve seu afastamento a pedido da Advocacia-Geral da União. Os tipos da AGU alegaram que o magistrado iria determinar que o Exército recolhesse urnas eletrônicas na véspera das eleições.

De acordo com fontes, Eduardo Cubas queria evitar fraudes nas Eleições 2018. Parece que ele queria inspecionar na véspera, onde ele poderia pegar alguma falha no software ou hardware, mas foi impedido pela AGU.

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!