Hayek explica porque o Socialismo é impossível (Vídeo)

Friedrich August Hayek, Prêmio Nobel de Economia, explica, em poucos minutos, por que o socialismo, como sistema econômico, é tecnicamente impossível, especialmente por causa do problema do cálculo econômico. Acesse aqui a descrição completa.


Descrição

Este é um curto trecho de uma entrevista onde o Prêmio Nobel de Economia Friedrich August Hayek explica, em poucos minutos, por que o socialismo, como sistema econômico, é tecnicamente impossível.

Os argumentos que ele usa neste vídeo são inspirados na obra de Ludwig Von Mises, especialmente a respeito do cálculo econômico, o qual é impossível numa economia socialista, pela falta de mercado mas é essencial para a produção de riqueza.

“O Socialismo presume que todo o conhecimento disponível pode ser usado por uma única autoridade central. Ele ignora que a sociedade moderna, a qual eu prefiro chamar agora de “ordem estendida”, que excede a compreensão de qualquer mente individual, é baseada na utilização de um conhecimento amplamente disperso, e uma vez que você percebe que podemos atingir essa grande utilização de recursos disponíveis somente porque utilizamos o conhecimento de milhões de homens, fica claro que a suposição do socialismo, de que uma autoridade central pode comandar todo esse conhecimento, não é nada mais que incorreta.”

Ao longo de toda a sua vida, Hayek combateu severamente as ideias em defesa da centralização da economia, pois esse planejamento central destrói a “ordem espontânea”, onde as pessoas são guiadas pelos preços dos produtos, o que possibilita a alocação eficiente dos recursos. Qualquer intervenção estatal nesse processo é sempre catastrófica.

Hayek foi um autor muito prolífico e trabalhou exaustivamente, escrevendo vários livros, em especial “O caminho da Servidão”, uma das obras de referência na defesa da liberdade. Seu trabalho sobre os ciclos econômicos renderam-lhe o Prêmio Nobel de Economia, em 1974.

O vídeo foi traduzido e legendado em português pelos Tradutores de Direita.

Informações e conteúdo relacionado

Mais informações

Disclaimer: exceto quando explicitado na publicação, não temos nenhuma ligação com o conteúdo divulgado ou seuu(s) criador(es). É também interessante notar que, apesar do nome do site, nem todo conteúdo publicado aqui pode ser rotulado como "de direita" ou de algo que o valha. Pode ser simplesmente algo interessante e/ou edificante que mereça ser arquivado ou pra realizar um simples registro histórico. Saiba mais sobre o Direita.TV aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *