Depois de vazar dados de usuários, Google Plus será descontinuada

Depois de vazar dados de usuários, a Google Plus, a rede social do Google, será descontinuada. O anúncio foi feito numa publicação no blog oficial do Google, no dia 8 de outubro de 2018, onde também foi informado que uma falha permitiu que dados privados, como e-mail, nome, ocupação, gênero e idade, de cerca de 500 usuários serem expostas sem permissão. Também, de acordo com o post, o G+ se tornará uma espécie de rede corporativa para empresários.

De acordo com a fonte, o baixo uso e engajamento também foi um dos motivos para esta decisão da gigante da Internet, e o Google+ para consumidores será encerrado em agosto de 2019, dando um tempo para que os usuários tenham tempo de baixar e migrar suas informações.

O vídeo abaixo fala sobre o caso com mais detalhes:

Saiba mais

  1. Project Strobe: Protecting your data, improving our third-party APIs, and sunsetting consumer Google+ – Fonte em inglês em uma publicação do blog oficial do Google.
  2. Google+ vai encerrar suas atividades após dados de usuários vazarem – O post original onde vimos esta notícia, completo e com mais informações.
  3. A ditadura escancarada e obscena nas redes sociais – Olavo de Carvalho fala sobre a arbitrariedade no controle de conteúdo com viés esquerdista praticada pelas grandes redes sociais, URSAL e a censura que ele sofreu simultaneamente em várias contas em serviços distintos, algo similar ao que aconteceu com o Alex Jones recentemente.

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!