Daniel Penin – Choquei: lacrando vidas

Daniel Penin sobre a Choquei, uma página de fofoca e besteirada que não deveria ter importância para NINGUÉM, mas que ganha muito dinheiro lacrando vidas e tem ligações suspeitas com setores da esquerda. Clique aqui para a descrição completa.


Descrição

Este é o vídeo/documentário feito pelo canal Daniel Penin sobre a Choquei, uma página de fofoca e besteirada que não deveria ter importância para NINGUÉM, mas que ganha muito dinheiro lacrando vidas e faz parte de um grupo chamado Mynd8, o qual aparentemente tem ligações suspeitas com setores da esquerda, inclusive os que estão no poder.

Dentre outras considerações, o vídeo traz questões como por que Jessica Vitória foi “escolhida” pra ser cancelada? Eram Fake News orquestradas para acelerar interesses políticos? Jéssica seria “só mais uma vítima” das várias, porém saiu do controle?

O vídeo promete expor com provas todas as relações e atuações duvidosas da Mynd, falando sobre a pirâmides por trás da Choquei e outras páginas de fofoca, assim como mostrando conteúdos do site da Mynd que foi apagado no dia 23/12 por razões desconhecidas.

Dentre outros destaques temos:

  • A relação entre a Choquei, Alfinetei, Gossip do dia, Fofoquei e mais 32 páginas de fofocas.
  • Penin teria percebido que todos os donos dessas páginas fizeram a mesma coisa com a Jéssica. Postaram postaram a mesma mentira e foram nos comentários da Jéssica para fazer linchamento virtual Mais depois da tragédia, apagaram os comentários e os perfis.
  • Uma agência multimilionária com relações comerciais com a choquei, e como isso acabou em uma Fake news que acabou levando Jéssica a tirar a própria vida.
  • A choquei é a principal página que causou essa fake news da Jéssica, mas a Choquei é apenas 1 das 34 páginas que espalhou essa fake news.
  • Penin teria descoberto que quase toda indústria multimilionária de Influenciadores está ligada a essa agência Mynd, que no próprio site, antes de ter sido suspeitamente apagado, diz ser uma agência de social media.
  • Quem manda é a CEO Fatima Pissarra, o Coo é o Carlos Scappini e a sócia diretora é a Preta Gil.
  • A Mynd e a única agência que pode vender publicidade para mais de 400 influenciadores, como Luisa Sonza, Pabllo Vittar, Cleo Pires, Bela Gil, Deolane Bezerra, Gil do Vigor e outros.
  • Penin teria descoberto uma entrevista que a Mynd deu a 7 meses atrás “Nas redes sociais, vende quem endossa um tema específico, não quem tem mais seguidor”. Dentre os detalhes da entrevista está o poder de “cancelar” ou “descancelar” uma pessoa.
  • Em 2022 a Mynd Faturou 330 milhões. Em 2023 a Mynd Faturou 550 milhões. E até 2025 a Mynd vai Faturar mais 1.5 bilhões.
  • Juntando todos os Influenciadores da Mynd, da mais de 1 bilhão seguidores.
  • Depois toda a repercussão do caso da choquei com a Jéssica, a Mynd vem tentando apagar muita coisa das suas redes sociais e sites afiliados.
  • A Mynd apagou o site para tentar apagar qualquer afiliação ou algo do tipo, mas, de acordo com o Internet Archive, até o dia 23 (dia do falecimento da Jéssica). A banca digital estava normalmente nos afiliados da Mynd.
  • Penin mostra que essa banca digital agenciada pela Mynd sempre repetia as mesmas publicações nas suas páginas de fofocas, já que todas tem uma única agência por trás de tudo, a Própria Mynd.
  • São 37 perfis e mais de 160 milhões de seguidores só no Instagram.
  • A Choquei e todas as páginas afiliadas repetiam 50% das postagens, e grande parte disso era fake news em 33 páginas de fofocas com 1 bilhão de seguidores e 100 milhões de visualização por semana. O esquema envolve enormes quantias de dinheiro.
  • Todas as páginas da Mynd são de esquerda, todos os donos das páginas são de esquerda, todos eles votaram no Lula etc.

Créditos dos destaques: Memes do Twitter.

Vale a pena lembrar que, tal qual é o caso de todos os vídeos partilhados aqui, não temos nenhuma ligação com Daniel Penin e muito menos concordamos com todas as suas posições necessariamente.

Últimas atualizações

Mais informações

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *