Padre Paulo Ricardo – A impureza fecha os nossos olhos para Deus

Padre Paulo Ricardo explica que a impureza fecha os nossos olhos para Deus e por que quem quer progredir espiritualmente precisa zelar pela pureza nos olhares e pensamentos, pois só um coração puro pode estabelecer um vínculo de amor com Ele. Acesse aqui a descrição completa.


Descrição

Neste pequeno trecho de sua homilia do dia 14 de junho de 2022, o Padre Paulo Ricardo explica que a impureza fecha os nossos olhos para Deus e por que quem realmente quer progredir espiritualmente precisa zelar pela pureza nos olhares e pensamentos, pois só um coração puro pode ver a Deus e estabelecer um vínculo de amor com Ele.

Muitos se lamentam por cair nos pecados contra a castidade, mas não assumem o propósito de viver verdadeiramente a pureza nas pequenas coisas. Por exemplo, tem muita gente que fica perambulando em perfis de pessoas que ficam se exibindo na Internet, mesmo que sem nudez explícita ou em trajes de banho, achando que não tem problema, mas a verdade é que isso acaba atiçando os desejos de quem tem esse péssimo e desprezível costume. Quem cai nessa esparrela certamente não conseguirá ser casto e, muito menos, ter uma vida de intimidade com Deus. Aliás, se expor desnecessariamente a ocasiões de pecado já é pecado em si. Então, é melhor sair fora.

Este interessante clipe foi publicado originalmente em 19 de junho de 2024 e retirado da pregação do Pe. Paulo Ricardo que se deu poucos dias antes na Paróquia Cristo Rei, de Várzea Grande-MT.

Conteúdo relacionado

Mais informações

Disclaimer: exceto quando explicitado na publicação, não temos nenhuma ligação com o conteúdo divulgado ou seuu(s) criador(es). É também interessante notar que, apesar do nome do site, nem todo conteúdo publicado aqui pode ser rotulado como "de direita" ou de algo que o valha. Pode ser simplesmente algo interessante e/ou edificante que mereça ser arquivado ou pra realizar um simples registro histórico. Saiba mais sobre o Direita.TV aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *