Mães solteiras, mentalidade revolucionária e estatismo (Vídeo)

Olavo de Carvalho relaciona a degradação familiar, usando como exemplo as mães solteiras, com a mentalidade revolucionária e o inchaço estatal. Acesse aqui a descrição completa.


Descrição

O filósofo brasileiro Olavo de Carvalho relaciona a degradação familiar, usando como exemplo as mães solteiras, com a mentalidade revolucionária e o inchaço estatal, neste trecho de um episódio da sua saudosa série de podcasts, o True Outspeak.

Em poucas linhas, ele mostra como a insistência dos progressistas (a.k.a. esquerdistas revolucionários) em desestabilizar valores basilares da sociedade como a família, cria ou amplifica os problemas que eles se apresentam como solução e, no fim das contas, acaba colaborando para o aumento do poder do estado, oprimindo e roubando os indivíduos ainda mais.

Veja também

Mais informações

Disclaimer: exceto quando explicitado na publicação, não temos nenhuma ligação com o conteúdo divulgado ou seuu(s) criador(es). É também interessante notar que, apesar do nome do site, nem todo conteúdo publicado aqui pode ser rotulado como "de direita" ou de algo que o valha. Pode ser simplesmente algo interessante e/ou edificante que mereça ser arquivado ou pra realizar um simples registro histórico. Saiba mais sobre o Direita.TV aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *