Muçulmanos são detidos por atirar cristãos ao mar na Itália

Muçulmanos são detidos por atirar cristãos ao mar na ItáliaEm abril de 2019, cerca de quinze muçulmanos são detidos na Itália por terem assassinado 12 cristãos, atirando-os no Mar Mediterrâneo. Eles estavam num bote de borracha que levava a bordo 105 pessoas que teria partido da Líbia para a Europa.

Segundo o Expresso, a polícia italiana acusou os maometanos de “assassinato múltiplo agravado devido a ódio religioso”, de acordo com o testemunho de sobreviventes, que se encontravam na embarcação interceptada. Os cristãos sobreviventes que se encontravam a bordo, fizeram uma “corrente humana” que lhes permitiu fazer frente ao ataque islâmico.

As vítimas eram nigerianos e ganeses. Os suspeitos, que se encontram detidos em Palermo, eram da Costa do Marfim, Mali e Senegal.

Veja também

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!