O fascismo dos antifascistas (Vídeo)

Descrição

Neste vídeo, um sujeito mostra o fascismo dos antifascistas, ou Antifas, um grupo de extrema-esquerda responsável por diversos atos de vandalismo e violência nas universidades e nas ruas dos EUA, embora seja referido pela grande mídia como “inocentes manifestantes anti-racismo”.

O vídeo mostra as técnicas de intimidação e violência dos Antifas que a grande mídia tenta justificar, em sua desesperada campanha para desmoralizar o presidente americano Donald Trump.

Trump, por sua vez, e ao contrário do que se tem difundido, condenou a violência “dos dois lados” em Charlottesville, o que enfureceu a mídia mainstream, que começou a taxá-lo de nazista, fascista e supremacista branco só por ele ter apontado que os antifas que começaram as agressões. Trump também condenou os neonazistas e demais supremacistas brancos que participaram do episódio na Virginia (EUA), que culminaram na morte de uma mulher.

Todo discurso que faça apologia à supremacia racial deve ser veemente denunciado e condenado pelos conservadores.  O Partido Republicano, recentemente, passou uma resolução condenando os grupos supremacistas e declarando que qualquer um que defenda ideologias de ódio não é bem vindo no partido. Quando, então, o partido democrata e a mídia progressista fará o mesmo com os grupos de extrema-esquerda?

Tão grave quanto o câncer do ódio e do racismo, é o fascismo daqueles que dizem ser antifascistas.

O vídeo foi traduzido e legendado para o Português Brasileiro pelos Tradutores de Direita.

Mais informações

Disclaimer: exceto quando explicitado na publicação, não temos nenhuma ligação com o conteúdo divulgado ou seuu(s) criador(es). É também interessante notar que, apesar do nome do site, nem todo conteúdo publicado aqui pode ser rotulado como "de direita" ou de algo que o valha. Pode ser simplesmente algo interessante e/ou edificante que mereça ser arquivado ou pra realizar um simples registro histórico. Saiba mais sobre o Direita.TV aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *