Vamos celebrar o comunismo

Vamos celebrar o comunismo é a tradução de um texto de autoria de Tom Woods Jr., “Let’s celebrate communism“, que ele publicou no dia 14 de fevereiro de 2018 falando a respeito de comemorações dos 100 anos da revolução comunista de 2017, na Rússia, que não citam os flagelos advindo da implantação do socialismo neste em outros países.

O historiador de Harvard afirma que os crimes causados pelo socialismo deveriam ser também celebrados pelos comunistas que o comemoram, ao invés de os esconder, atribui-los a outros fatores ou simplesmente falsificar os fatos históricos.


Vamos celebrar o comunismo

Ele já tem praticamente 100 anos de idade, certo? E algumas pessoas dizem que devemos comemorar!

Exceto por aquela tal pilha de cadáveres humanos.

Ah! Mas isto não é culpa dos comunistas! Estas pessoas morreram por causa do mal tempo!

(Não é engraçado como o clima é ruim em países comunistas?!

Eu fiquei extasiado quando li, bem agora, uma coluna do Pierre Yared, um professor da – de todos os lugares – Columbia Business School, que estudou os dados demográficos e a respeito da agricultura do período onde aconteceram mortes em massa na China maoista, que diz que nós não devemos prestar atenção às desculpas esquerdistas.

Primeiro, descarte esta desculpa de “clima ruim”. A produção de alimentos na China era três vezes o necessário para satisfazer a todos. Segundo, a China não era deficiente em uma rede eficiente de distribuição de alimentos, como já alegaram por aí.

Será que a fome em massa poderia ser evitada? Yared responde:

‘Talvez — se os Comunistas não tivessem criminalizado os mercados de agricultura. Num sistema de mercado, qualquer falta local de comida iria resultar em maiores preços de alimentos, incentivando aqueles com excedentes a direcionar recursos para os lugares com déficit. De fato, de acordo com registros históricos, os membros do Partido Comunista, que podiam desfrutar do mercado negro, escaparam da pior fome.’

Já a respeito deste pessoal comemorando o comunismo, Yared diz que eles “deveriam ser honestos a respeito do seu histórico mortal, enraizado em um conjunto de ideias fracassadas — como abandonar o livre mercado e confiando em burocratas estatais para distribuir recursos, assim tornando sociedades inteiras vulneráveis aos menores erros humanos.”

Eu darei uma palestra sobre os crimes do comunismo na Universidade da Califórnia, em Santa Barbara, no dia 27 de fevereiro (e não dia 28 de fevereiro, como eu disse por engano), as 20:15 no The Hub. É grátis e aberto ao público (a gravação da palestra, que já aconteceu, está aqui).

Se você não puder ir, tem outra possibilidade — aprenda história com pessoas que vão te dizer a verdade ao invés de livrar a cara de genocidas em Liberty Classroom. Você pode obter cupons aqui.

Tom Woods.

Saiba mais

  1. Thomas E. Woods, Jr. é um historiador americano graduado em Harvard e autor best-seller do New York Times e do livro Como a Igreja Católica Construiu a Civilização Ocidental (“How the Catholic Church Built Western Civilization“), base para o excelente documentário A Igreja Católica: Construtora da Civilização, apresentado pelo mesmo.
  2. Tirada épica de Jordan Peterson nos marxistas – Vídeo onde o Dr. Peterson comenta sobre esta necessidade de esconder a culpa do comunismo nas inúmeras tragédias causadas por esta ideologia no mundo todo.
  3. Pol Pot, o Pior Ditador de Todos os Tempos – Artigo do Luciano Takaki a respeito do regime socialista de Pol Pot.
  4. As duas grandes Contribuições de Karl Marx – O pós-doutor em Economia, Adolfo Sachsida, mostra e explica quais foram as duas grandes contribuições do filósofo Karl Marx para a humanidade.
  5. Hayek explica porque o Socialismo é impossível – Curto trecho de uma entrevista onde o Prêmio Nobel de Economia Friedrich August Hayek explica por que o Socialismo, como sistema econômico, é tecnicamente impossível.
  6. O marxista que me desafiou na audiência – Na palestra ministrada por Woods no dia 28 de fevereiro na UC Santa Barbara, ocorreu um evento peculiar. Este texto fala a respeito.

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!