Biografia de Anne Frank

Biografia de Anne Frank, a menina judia que manteve um diário onde documentava a vida na clandestinidade sob a perseguição nazista na Holanda, ocupada pelos alemães durante a Segunda Guerra Mundial. Acesse aqui a descrição completa.


Descrição

Esse documentário traz a biografia de Anne Frank, a menina judia nascida na Alemanha que manteve um diário onde documentava a vida na clandestinidade sob a perseguição nazista na Holanda, ocupada pelos alemães durante a Segunda Guerra Mundial.

A família de Anne vivia na Alemanha, mas, com a ascensão de Hitler, decidiram se mudar para Amsterdã, na Holanda, sob decisão do pai, Otto Frank. Naquela época, esperavam este ser um local seguro, onde Otto onde começa a trabalhar comercializando pectina, algo indispensável na preparação de geleias. Infelizmente, em maio de 1940, após a invasão nazista aos Países Baixos, aumentaram gradativamente as políticas antissemitas.

Dois anos depois, a família decidiu se esconder em compartimentos secretos de um edifício comercial, dividindo-o com mais quatro amigos. Em 4 de agosto de 1944, todavia, foram traídos misteriosamente para a Gestapo e, consequentemente, enviados para diversos campos de concentração. Em companhia de sua irmã, Margot Frank, a jovem foi transportada até Bergen-Belsen, onde, provavelmente, morreram vítimas de tifo epidêmico, em um dia desconhecido de fevereiro ou março de 1945.

Durante o tempo em que esteve escondida, Anne escreveu seus relatos em seu diário, que ficou famoso no mundo inteiro e foi traduzido para quase 70 idiomas, por revelar a real e trágica história de uma jovem garota e sua família que, perseguidos pelos nazistas, se escondiam para sobreviver.

Segundo Anne, “as pessoas têm um impulso destrutivo. O impulso de devastar, matar e destruir. E até que a humanidade passe por uma metamorfose, as guerras continuarão a existir. Ninguém precisa esperar um só momento para começar a melhorar o mundo“.

Conteúdo relacionado

Mais informações

Disclaimer: exceto quando explicitado na publicação, não temos nenhuma ligação com o conteúdo divulgado ou seuu(s) criador(es). É também interessante notar que, apesar do nome do site, nem todo conteúdo publicado aqui pode ser rotulado como "de direita" ou de algo que o valha. Pode ser simplesmente algo interessante e/ou edificante que mereça ser arquivado ou pra realizar um simples registro histórico. Saiba mais sobre o Direita.TV aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *