Criança é abusada e morta pela mãe por ciúmes

Publicado em 25 de março de 2020, às 11:22.

Os casos isolados continuam aparecendo mesmo diante da pandemia de coronavírus: no Mato Grosso do Sul, uma criança de 10 anos é abusada e morta pela mãe por ciúmes.

Segundo consta, a menina revelou para a mãe que sofria abusos sexuais, quem, ao invés de procurar um ginecologista, pediatra, psicólogo e, após constatar os abusos, informar a polícia, se revoltou com a criança e a assassinou.

O motivo seria porque o seu novo companheiro de apenas 3 meses, mantinha relações sexuais com a criança e não com ela.

Thiago Passos, delegado de Brasilândia (MS), responsável pelo caso que tem chocado o Brasil, afirmou que a polícia ficou impressionada com a frieza da criminosa e tem convicção que ela matou por ciúmes.

Acompanhe mais detalhes sobre mais essa aterradora tragédia causada pelo rodízio de padrastos no vídeo abaixo:

Abaixo, Sara Próton comenta o caso:

View this post on Instagram

A menina revelou para a mãe que sofria abusos sexuais e ao invés de ter ajuda, procurar um ginecologista, pediatra, psicólogo e após constatar os abusos informar a polícia – A MÃE MATOU A PRÓPRIA FILHA PORQUE FICOU COM CIÚMES, porque o seu novo companheiro de apenas 3 meses, mantinha relações sexuais com a criança e não com ela. ⚠️ CRIME DE FEMINICIDIO: MATOU A FILHA PELA SIMPLES CONDIÇÃO DE SER MULHER! Mulheres têm destruído os próprios filhos diariamente, por alienação parental, mas também por meio de homicidios, exploração sexual, corrupção de menores, abusos sexuais (porque as mães não estão isentas, apenas não deixam vestígios físicos pela ausência de penetração)… Diversas mulheres sabem que o companheiro abusam dos seus filhos e permitem para não ficarem sozinhas, e essa da notícia matou a própria filha ao invés de ajudá-la. Mulheres praticam os mesmos crimes que os homens, indistintamente, mas para a criminalidade feminina a sociedade encontra mil justificativas! @cidadealerta #mae #maternidade #criminal #juri #tribunaldojuri #processopenal #direitodefamília #alienacaoparental #maesolo #maeguerreira #advogadacriminalista

A post shared by Sara Próton (@saraproton) on

Últimas notícias



Este post está arquivado em: Notícias

Marcadores:

Classificação: 0 / 5. Votos: 0.

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!