Desastre na Grande BH: Barragem da Vale rompe na cidade de Brumadinho

Desastre na Grande BH: barragem da Vale rompe na cidade de Brumadinho (MG), localizada na Região Metropolitana de Belo Horizonte, nesta sexta-feira (25).

A Vale informou que o rompimento ocorreu no início da tarde de hoje, na Mina Feijão. As primeiras informações indicam que os rejeitos atingiram a área administrativa da firma e parte da comunidade da Vila Ferteco.

Um helicóptero do Corpo de Bombeiros segue para a cidade de Brumadinho e, de acordo com a Polícia Militar, o coordenador Estadual de defesa Civil, tenente-Coronel Godinho, também está indo para o município.

Segundo a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável  (Semad), uma equipe do núcleo de emergencial ambiental está a caminho para apurar as informações. Ainda não há detalhes sobre a magnitude do episódio e, segundo a Vale, ainda não há confirmação se há feridos no local. Entretanto, já se têm imagens de pessoas sendo resgatadas do local, ainda com vida e, segundo informações, o desastre aconteceu na hora do almoço, que o refeitório estava lotado na hora e foi simplesmente destruído:

Várias mensagens circulando pelas redes sociais e WhatsApp estão afirmando que houve muitas vítimas e provavelmente morreu muita gente. Foram soterrados prédios administrativos e refeitório. Na Câmara de Brumadinho, fala-se em 600 vítimas.

De acordo com o site da Vale, há duas barragens com o nome Mina do Feijão, uma delas tem cerca de um milhão de metros cúbicos e a outra aproximadamente 290 mil m³ e é utilizada para a contenção de sedimentos e clarificação do efluente final.

A Prefeitura emitiu alerta para que população se mantenha longe do leito do Rio Paraopeba, e, por precaução, o Instituto Inhotim está retirando funcionários e visitantes do local.

Abaixo, temos mais algumas imagens em vídeo do local feitas hoje:

Atualização (15:40): A previsão da Defesa Civil mineira é que a lama da barragem da Vale em Brumadinho se desloque pelo Rio Paraopeba, e, caso não sejam tomadas medidas imediatas, os dejetos devem chegar ao São Francisco às 18h.

Atualização (16:24): Está rolando um boato aí que a hipótese é de falha na hora da manutenção hoje, que a mina estaria em boas condições, até mesmo por ficar em frente ao escritório da Vale. A ver.

Veja também

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!