O franco atirador covidiano: “um milhão de mortes”

Vídeo que analisa e desmascara algumas das inúmeras falácias proferidas por Átila Iamarindo, o franco atirador covidiano que disse que ia rolar um milhão de mortes no Brasil, pra justificar suas previsões erradas e estudos fajutos. Clique aqui para a descrição completa.


Descrição

Esse vídeo do canal Visão Libertária analisa e desmascara algumas das inúmeras falácias proferidas por Átila Iamarindo, o franco atirador covidiano que disse que ia rolar um milhão de mortes no Brasil causadas pela Peste Chinesa, pra justificar os erros colossais em suas previsões, baseadas em estudos fajutos.

O vídeo explica a “Falácia do Franco Atirador Texano”, a qual é verificável em cientistas que não respeitam metodologias. Tal falácia deriva da ideia de um sujeito que, ao não admitir que erra o alvo quando dispara, pinta os alvos em torno de cada buraco da bala e se proclama então um franco-atirador. Nas ciências, isso ocorre com biólogos, pesquisadores e doutores que elaboram teses e selecionam apenas os dados e evidências que mostram o que convém para validar suas premissas como corretas, enquanto excluem as que não interessam.

Por exemplo, em 18 minutos e 15 segundos, o youtuber em questão disse que o Peru tem mais de um terço da população contaminada, porque a situação está fora de controle. Então por que eles não têm 3 vezes mais mortos do que lugares que estão combatendo o surto? Por que estão com uma média de mortos por milhão um pouco acima dos que estão lutando contra, em vez de ter 10 vezes mais, conforme a projeção científica do estudo do Imperial College?

Essas são questões que o tal Átila responderia certamente com mais falácias, se é que algum dia responderá.

Conteúdo relacionado

Mais informações

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *