Mourão critica toque de recolher imposto por governotários e prefeitardados

Mourão critica toque de recolher imposto por governotários e prefeitardados, argumentando que 'algumas medidas estão além da liberdade de manobra'.


Nesta sexta (19/03/21), o vice-presidente Hamilton Mourão critica toque de recolher imposto por governotários e prefeitardados, argumentando que “algumas medidas estão além da liberdade de manobra”.

Acompanhando Jair Bolsonaro nesta questão, o general afirmou que “não é uma questão de confronto com governadores. O presidente coloca, e eu concordo com ele, que algumas medidas estão além da liberdade de manobra que cada governador tem, como essa questão de toque de recolher. Acho que isso tem que ter uma legislação que ampare melhor”.

Ainda segundo o vice-presidente, a intenção de Bolsonaro é que haja uma definição “homogênea” sobre o que é atividade essencial — liberada para o funcionamento normal mesmo nas fases mais restritivas. Mourão também voltou a alertar sobre a lotação no transporte público. “O cara vai igual uma sardinha em lata dentro de um ônibus. Para mim, aquilo é maior fonte de contágio que tem aí.”

Segundo Bolsonaro, toda atividade que “leve pão para casa” deve ser considerada essencial.

fonte: Revista Oeste.

Últimas notícias

Mais informações

  • Visualizações: 19
  • Categorias: Notícias
  • Publicado por: Equipe Direita Realista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *