Bolsonaro demite presidente da Embratur por jantar de 290 mil reais

Publicado em 29 de março de 2019, às 09:28.

Bolsonaro demite presidente da Embratur, Teté Bezerra, por ter dado um jantar de 290 mil reais com dinheiro público.

Em uma de suas lives semanais, o presidente afirmou que “isso é um escracho, um deboche para com o brasileiro, que está cansado de pagar imposto, está cansado de quase que ser extorquido e não ter na ponta da linha uma prestação de serviço“. Bolsonaro disse que foi ele próprio quem mandou exonerá-la do cargo, após tomar conhecimento sobre o tal jantar.

Bezerra entregou, nesta quinta-feira (28), sua carta de demissão ao ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

O chefe do Executivo afirmou:

Chegou ao meu conhecimento que na semana que vem, olha só você, brasileiro, a Embratur, a sua presidente, está patrocinando um jantar. Então, a Embratur patrocinando um jantar. Eu acho que o Alceu Valença, se não me engano, ia cantar no jantar, certo? Preço do jantar: R$ 290 mil. Você ia pagar a conta. (…) O que nós fizemos, no dia de ontem mesmo? Entramos em contato com o ministro do Turismo, falei para ele simplesmente cancelar o jantar e também, tendo em vista o tamanho do descalabro aqui, que cancelasse também a função ali da responsável pela Embratur. Então, ela foi exonerada no dia de hoje e também página virada. (…) Isso é um escracho, um deboche para com o brasileiro, que está cansado de pagar imposto, está cansado de ser extorquido e não ter na ponta da linha uma prestação de serviço.

A live na íntegra se encontra logo abaixo:

http://youtu.be/tOm_YCmmD98

Veja também



Este post está arquivado em: Notícias

Marcadores:

Classificação: 0 / 5. Votos: 0.

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!