Conselho Federal de Medicina não mudará posicionamento sobre a cloroquina

Conselho Federal de Medicina não mudará posicionamento sobre a cloroquina, mesmo com o depoimento de Nelson Teich e todo o barraco e vulgaridades que aconteceram na CPI da Peste Chinesa.


Conselho Federal de Medicina não mudará posicionamento sobre a cloroquinaConselho Federal de Medicina não mudará posicionamento sobre a cloroquina, mesmo com todo o barraco e vulgaridades que aconteceram na CPI da Peste Chinesa.

Segundo a Veja, a reação foi deflagrada após depoimento do ex-ministro da saúde Nelson Teich a tal antro que criticou a não reprovação do remédio no Brasil.

A postura foi ratificada hoje, com o presidente do CFM, Mauro Ribeiro, afirmando que a instituição “tem acompanhado inúmeros estudos sobre o tema conduzidos ao redor do mundo. Contudo, até o momento, entende que não há evidências fortes o suficiente, ou seja, reconhecidas por sua alta evidência científica, justificando a mudança do Parecer 04/2020, onde delega ao médico e ao paciente, em comum acordo e baseados em suas prerrogativas constitucionais, a decisão sobre qual o tratamento a ser realizado”.

Ribeiro ainda complementou, dizendo que que “o CFM respeita a opinião do ex-ministro e terá, em momento a ser definido, a oportunidade de apresentar esclarecimentos sobre o tema”.

Parabéns pela postura.

Veja também: Dizer que o tratamento precoce contra a Peste Chinesa não funciona é mentira, segundo presidente do Conselho Federal de Medicina.

Últimas notícias

Mais informações

  • Visualizações: 182
  • Categorias: Notícias
  • Canal: TLs
  • Marcador(es): Cloroquina
  • Publicado por: Equipe Direita Realista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *