Ministério Público quer acabar com o emprego

Peter Turguniev, do ANCAPSU, explica e comenta como o Ministério Público do Trabalho (MPT) agora quer acabar com o emprego. Concurseiros não admitem que as pessoas normais tomem suas próprias decisões.

Classificação: 5 / 5. Votos: 1.

Ministério Público quer acabar com o emprego

Neste vídeo, o Peter Turguniev, do ANCAP.SU, explica e comenta como o Ministério Público do Trabalho (MPT) agora quer acabar com o emprego, destruindo a economia de aplicativos e prejudicando trabalhadores.

Segundo a fonte lida e comentada no vídeo, Contilnet, Uber e similares podem estar com dias contados no Brasil, visto que o sistema de transporte por aplicativos recebeu quatro ações ajuizadas pelo Ministério Público do Trabalho em São Paulo nesta semana. Caso as ações prosperem, o serviço pode ser inviabilizado e extinto no país.

Segundo o Ministério Público, o fato de 99% dos motoristas terem trabalhado para aplicativos de transporte durante pelo menos quatro dias por semana entre 2018 e 19 caracteriza vínculo empregatício ― logo, os trabalhadores deveriam receber os “direitos” da CLT (Consolidação da Legislação Trabalhista).

Ou seja, esses concurseiros não admitem que as pessoas tomem suas próprias decisões. Considerando que os motoristas têm liberdade de ligarem e desligarem os aplicativos quando quiserem e pelo tempo que quiserem sem que sejam punidos por isso, essas ações são mais absurdas ainda.

Pra piorar o arroubo, as ações valem para São Paulo mas terão amplitude nacional.

Apesar disso, Peter acredita que isso não vai pra frente, mas esses sujeitos tem todo dinheiro e tempo do mundo para tentarem atrapalhar o ganha pão das pessoas decentes sempre.

Enfim, o estado fazendo estadices.

Veja também

Adicionado em: 16 de novembro de 2021

Visualizações: 65

Duração: 08:27

Categorias: Notícias

Marcadores:

Canal: ANCAP.SU

Publicado por: Equipe Direita Realista


Link:

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados