Ministro da Educação do governo Bolsonaro quer eliminar entulho marxista

O filósofo colombiano Ricardo Vélez Rodriguez, Ministro da Educação do futuro governo de Jair Bolsonaro, declarou quer eliminar entulho marxista das propostas educacionais brasileiras.

Publicado em 23 de novembro de 2018, às 13:03, por: Equipe Direita Realista.

O filósofo colombiano Ricardo Vélez Rodriguez, Ministro da Educação do futuro governo de Jair Bolsonaro, declarou quer eliminar “entulho” marxista das propostas educacionais brasileiras.

Segundo o Renova Mídia, o futuro ministro publicou em sua conta do Facebook que “a iniciativa da educação de gênero é uma grande estupidez da esquerda petralha, que pretende substituir o Pátrio Poder pela doutrinação gramsciana, para acabar com a família tradicional e os valores cristãos“.

Ele também criticou o filósofo Mário Sérgio Cortella, que seria indicado para o Ministério da Educação caso Fernando Haddad fosse eleito, onde afirmava que o que é necessário “em primeiro lugar, que se limpe todo o entulho marxista que tomou conta das propostas educacionais de não poucos funcionários alojados no Ministério da Educação. Isso para início de conversa”.

O filósofo colombiano também afirmou em outra publicação que se deve desatrelar o MEC do estamento burocrático, recolocando o sistema educacional brasileiro, especificamente o ensino básico e fundamental a serviço das pessoas.

Indicado nesta quinta-feira (22/11) pelo capitão da reserva, Rodriguez é nascido em Bogotá (Colômbia) e naturalizado brasileiro. É também é autor de vários livros, entre eles a obra “A Grande Mentira – Lula e o Patrimonialismo Petista”:

Veja também



Este post está arquivado em: Notícias

Marcadores: ,

Publicado por: Equipe Direita Realista

Classificação: 0 / 5. Votos: 0.

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!