Jair Bolsonaro no programa Direto ao Ponto (27/09/2021)

Sabatina de Bolsonaro no programa Direto ao Ponto que se deu em setembro de 2021, aquele comandado pelo Augusto Nunes, Ele falou sobre eleições, ex-presidiários, CPI da Peste Chinesa e outros assuntos fecais.

Classificação: 0 / 5. Votos: 0.

Jair Bolsonaro no programa Direto ao Ponto (27/09/2021)

No dia 27 de setembro de 2021, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi sabatinado no programa Direto ao Ponto, aquele comandado pelo Augusto Nunes que tá dando um cacete no Roda Viva atual.

O capitão reformado do Exército e deputado federal por sete mandatos entre 1991 e 2018 participou do programa da Jovem Pan quando este completou um ano de vida. Pelo que ouvimos falar, esta edição especial do Direto ao Ponto também marcou os primeiros mil dias do mandato do político.

Bolsonaro foi eleito ao cargo mais alto do país em 28 de outubro de 2018 em segundo turno, recebendo 55,1% dos votos válidos, contra o candidato Fernando Haddad, do Partido dos Trabalhadores (PT). No último dia 7 de setembro, milhares de pessoas foram às ruas em atos de apoio ao presidente em capitais como Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, entre outras. Durante seu discurso, o mandatário afirmou que “só Deus” o tira da presidência e criticou os representantes estaduais, dizendo que “pior do que o vírus [o chinês] foram as ações de alguns governadores e prefeitos”.

Durante sua participação, Jair comentou sobre uma possível disputa com o ex-presidiário Lula pela preferência da população. Segundo ele, as pesquisas de intenção de voto que estão sendo publicadas não passam o verdadeiro cenário em que o ex-presidente se encontra, afirmando que o Mula “tem voto, mas não é isso que estão colocando. Ele não consegue tomar uma Itubaína na esquina em qualquer lugar que vai ser escrachado. Ele não consegue andar por lugar nenhum do Brasil. Se tiver debate e eu vier a ser candidato, vai ser um prazer debater com ele”, também completando que o segundo turno, hoje, seria entre ele e o petista.

Na conversa, o presidente também citou a CPI da Peste Chinesa e comentou se está preocupado com o relatório final dos depoimentos, dizendo que tem “tranquilidade total [de relatório final], mas eu não posso admitir certas acusações. Vai passar pelo Ministério Público. Isso é um circo, não interfiro nas decisões do Augusto Aras, mas ele sabe o que está acontecendo. O Aziz, o Renan e o Randolfe são pessoas que não têm credibilidade nenhuma. Geralmente, as CPIs visam atingir alguém politicamente ou achacar certas pessoas, assim são as CPIs no Parlamento. O objetivo é esse, é luta pelo poder e buscar aquela cadeira”, explicou.

Para Bolsonaro, Renan Calheiros (MDB) só o ataca para tirá-lo das eleições do próximo ano. “O Renan só me chama de corrupto, eu acho que ele está olhando no espelho, da vida pregressa dele. Mas porque isso o tempo todo? Visando o desgaste para o ano que vem, se eu sair como candidato”. O presidente também falou sobre outros assuntos fecais.

Neste Direto ao Ponto, Bolsonaro foi sabatinado por outros dois comentaristas do programa Os Pingos nos IsGuilherme Fiuza e José Maria Trindade , além de Nunes.

Mais Direto ao Ponto

Adicionado em: 28 de setembro de 2021

Visualizações: 7

Duração: 1:33:28

Categorias: Entrevistas

Marcadores: , , , ,

Canal: Jovem Pan

Publicado por: Equipe Direita Realista


Link:

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados