Paulo Freire: patrono da desgraça brasileira

Francisco Amado faz um breve comentário sobre Paulo Freire, quem ele considera "patrono da desgraça brasileira", criticando a metodologia de tal individuo e apontando a relação disso com o marxismo. Clique aqui para a descrição completa.


Descrição

Francisco Amado, editor da Revista Calibre, faz um breve comentário sobre Paulo Freire, quem ele considera “patrono da desgraça brasileira”, criticando a metodologia de tal indivíduo e apontando a relação disso com o marxismo.

Amado também recomenda literatura sobre o assunto.

Veja também

Mais informações

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *