Duque tem prova inédita contra Dilma

Renato Duque, ex-diretor de Serviços da Petrobras, teria apresentado, em interrogatório à Justiça Federal do Paraná, uma prova inédita contra Dilma Rousseff.

Preso pela Operação Lava Jato por operar propinas para o Partido dos Trabalhadores (PT) na estatal, Duque afirmou que, quando ele anunciou a saída da companhia, a ex-presidente Dilma Rousseff pediu pessoalmente a ele que continuasse operando para o PT na Petrobras.

Duque declarado que saiu da “Petrobras porque quis. A própria Dilma pediu para eu continuar na Petrobras… Ela queria que eu continuasse na Petrobras para arrecadar dinheiro para eleição de 2012.”

Dilma retrucou às declarações com uma longa nota em que acusava Duque de faltar com a verdade, dizendo que o “senhor Renato Duque terá de apresentar provas do que fala, caso contrário deveria ter sua delação premiada invalidada”.

No vídeo abaixo, Felipe Moura Brasil, Augusto Nunes e José Maria Trindade – no programa Os Pingos nos Is – comentam matéria da revista Veja, segundo a qual Renato Duque ofereceu uma prova inédita contra a ex-presidente Dilma Rousseff.

Últimas notícias

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!