Nova ofensiva: STF quer “alfabetizar” a internet

Em nova ofensiva, STF simplesmente declara que quer ‘alfabetizar’ a internet, com o pretexto de combater a ‘desinformação’ na rede. O Peter, do ANCAPSU, passa a notícia e a comenta.

Classificação: 0 / 5. Votos: 0.

Nova ofensiva: STF quer “alfabetizar” a internet

Em nova ofensiva, o Supremo Tribunal Federal (STF) simplesmente declara que quer “alfabetizar” a internet, com o pretexto de combater a “desinformação” na rede.

Segundo a Gazeta do Povo, fonte do vídeo, o STF cria um “Programa de Combate à Desinformação” e afirma que quer enfrentar “narrativas odiosas”. O tal programa, almejando tutelar o debate na internet, consiste em um monte de medidas que vão ser bancadas com o dinheiro chamado público (aquele que é roubado via impostos do “contribuinte”).

A resolução, assinada pelo ministro Luiz Fux, presidente do Supremo, foi publicada na edição desta segunda-feira (30) do Diário da Justiça Eletrônico. De acordo com a mesma, a corte quer censurar conteúdos que possam ser enquadrados como “desinformação e narrativas odiosas” direcionados ao STF, seus ministros e ao poder judiciário. Dentre as medidas, o emprego de fact checking está previsto.

De acordo com a Resolução 742/2021, o objetivo do programa é “enfrentar os efeitos negativos provocados pela desinformação e pelas narrativas odiosas à imagem e à credibilidade da Instituição, de seus membros e do Poder Judiciário, a partir de estratégias proporcionais e democráticas, a fim de manter a proteção da Corte acerca das liberdades de comunicação”.

Entretanto, como o Peter Turguniev, do ANCAP.SU explica e comenta esta notícia, essas coisas, como sempre, nunca são bem assim.

Últimas notícias

Adicionado em: 1 de setembro de 2021

Visualizações: 11

Duração: 13:58

Categorias: Comentários, Notícias

Marcadores: ,

Canal: ANCAP.SU

Publicado por: Equipe Direita Realista


Link:

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados