Olavo de Carvalho – A ação demoníaca na modernidade

O filósofo brasileiro Olavo de Carvalho, usando a temática do livro The Demon — de Hubert Selby Jr. — fala sobre a ação demoníaca na modernidade. Acesse aqui a descrição completa.


Descrição

Neste trecho de uma de suas aulas do seu Curso Online de Filosofia, Olavo de Carvalho (1947-2022), usando a temática do livro The Demon — de Hubert Selby Jr. — fala sobre a ação demoníaca na modernidade.

Em The Demon, Harry White é o homem que os outros homens desejam ser: admirado por seus colegas, talentoso, rico e desejado por inúmeras mulheres. Sua ascensão constante a uma posição de influência sem precedentes em uma empresa de investimentos de Nova York parece inevitável para aqueles que o conhecem e, no caminho, ele adquire uma linda esposa e filhos. Entretanto, na verdade, não passa de um homem assombrado pela luxúria e uma necessidade insana de pecado e retribuição…

Já o autor, Hubert Selby Jr. nasceu no Brooklyn em 1928. Aos 15 anos, abandonou a escola e foi para o mar com a marinha mercante. Lá foi diagnosticado com uma doença pulmonar. Sem outra forma de ganhar a vida, resolveu tentar escrever: “Eu conhecia o alfabeto. Talvez eu pudesse ser um escritor”. Em 1964, ele completou seu primeiro livro, Last Exit to Brooklyn, que desde então se tornou um clássico cult. Em 1966, foi objeto de um julgamento por obscenidade no Reino Unido. Seus outros livros incluem The Room, Requiem for a Dream, Song of the Silent Snow, The Willow Tree e Waiting Period. Em 2000, Requiem for a Dream estrelou Jared Leto e Ellen Burstyn e foi dirigido por Darren Aronofsky. Hubert Selby Jr morreu em Highland Park, Los Angeles, Califórnia, em abril de 2004.

Este vídeo do filósofo brasileiro foi separado pelo canal Inteligência Corp. e publicado originalmente em 11 de maio de 2023.

Veja também

Mais informações

Disclaimer: exceto quando explicitado na publicação, não temos nenhuma ligação com o conteúdo divulgado ou seuu(s) criador(es). É também interessante notar que, apesar do nome do site, nem todo conteúdo publicado aqui pode ser rotulado como "de direita" ou de algo que o valha. Pode ser simplesmente algo interessante e/ou edificante que mereça ser arquivado ou pra realizar um simples registro histórico. Saiba mais sobre o Direita.TV aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *