Arrependimento amargo: Maria do Rosário tenta humilhar Bolsonaro e se dá mal

Arrependimento amargo: Maria do Rosário tenta humilhar o presidente Bolsonaro diante de ministro e se dá mal.

A deputada Maria do Rosário (PT), recebeu uma resposta contundente e bem fundamentada de Osmar Terra, ministro da Cidadania, falando as suas groselhas de sempre, quando debatia-se sobre a Lei Rouanet.

Enquanto a parlamentar petista qualificou o governo como bélico, violento, ausente, “de armas e de ódio”, o ministro ressaltou as práticas de corrupção, má gestão, má qualidade, falta de critérios e descontrole na concessão de verbas mediante a Lei Rouanet nas gestões anteriores.

Terra também apresentou suas propostas e anunciou, ademais, que diversos projetos terão de efetuar a devolução de recursos. Ele apontou, ainda, um grave problema no cinema nacional: “Uma coisa que me preocupa e que eu queria falar aqui é a questão da qualidade – e não quero entrar em coisas que possam parecer um tipo de censura: quando tu tens 38% dos filmes brasileiros e eles têm só 7% da audiência, alguma coisa está errada e temos, de alguma maneira, de tentar corrigir (…) Só para ter uma ideia, no ano passado foram R$800 milhões e só retornaram R$50 milhões de caixa”.

Assista aos melhores momentos da audiência e do esculacho no vídeo abaixo:

Mais notícias

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!