Bolsonaro responde a Lula: “Pelo menos, o Brasil não está sendo governado por um bando de cachaceiros”.

Neste sábado (27), ao criticar a decisão da justiça de liberar presidiário a conceder entrevistas, Bolsonaro responde à declaração de Lula: “Pelo menos o Brasil não está sendo governado por um bando de cachaceiros”.

As declarações aconteceram quando Bolsonaro visitou Yasmin Alves, de 8 anos, a menina que ficou conhecida nacionalmente após aparecer em vídeo balançando a cabeça para o presidente no evento da Páscoa. O gesto de Yasmin foi interpretado como recusa a cumprimentar Bolsonaro, Yasmin explicou depois da repercussão que respondeu negativamente à pergunta se torcia para o Palmeiras.

Durante a visita, Bolsonaro comentou a primeira entrevista concedida pelo presidiário Luiz Inácio Lula da Silva em entrevista à Folha de São Paulo e ao El País, onde o detento diz que o Brasil é governado por um bando de maluco. Bolsonaro respondeu que bebida devia ser proibida na cadeia. Na saída, o presidente disse: “Pelo menos, não é um bando de cachaceiros que governa o Brasil”.

O presidente também disse que foi “um equívoco, um erro da Justiça ter permitido ele dar uma entrevista. Presidiário tem que cumprir sua pena e não dar opinião”.

Atualização: Encontramos o vídeo com esta exata resposta à Lula.

Extra

No vídeo abaixo, Felipe Moura Brasil, Augusto Nunes e José Maria Trindade analisam a primeira entrevista do Lula diretamente do novo lar dele, a cadeia:

Mais notícias

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!