CDC revogará aprovação do teste de PCR para o vírus chinês

O CDC americano anuncia que revogará aprovação do teste de PCR para o vírus chinês. O CDC alega que o teste não é adequado para diferenciar o SARS-CoV-2 dos vírus influenza.

Publicado em 6 de agosto de 2021, às 12:00, por: Equipe Direita Realista.

O CDC, Centros de Controle e Prevenção de Doenças americano, anuncia que revogará aprovação do teste de PCR para o vírus chinês depois de 31 de dezembro de 2021.

Segundo o anúncio, feito no site oficial do CDC em 21 de julho de 2021, além da revocação, consta também a sugestão que laboratórios migrem para um teste que seja capaz de diferenciar a Peste Chinesa da gripe comum.

Ainda de acordo com a publicação, “o CDC recomenda que laboratórios clínicos e locais de teste que têm usado o ensaio CDC 2019-nCoV RT-PCR selecionem e iniciem sua transição para outro teste COVID-19 autorizado pela FDA. O CDC incentiva os laboratórios a considerarem a adoção de um método multiplexado que pode facilitar a detecção e diferenciação do SARS-CoV-2 e dos vírus influenza. Esses testes podem facilitar os testes contínuos para influenza e SARS-CoV-2 e podem economizar tempo e recursos à medida que entramos na temporada de influenza. Os laboratórios e locais de teste devem validar e verificar o ensaio selecionado em suas instalações antes de iniciar o teste clínico“.

Ou seja, leva a crer que as imprecisões dos testes PCR tem se mostrado muito altas para basear qualquer coisa nesses testes. O teste PCR com alto Ct acaba apontando doença mesmo em quem não tem.

Resta a questão: será então que os números atuais de Peste Chinesa estariam mesmo precisos?

Abaixo, o Peter, do ANCAP.SU comenta o anúncio:

E, a seguir, um vídeo aleatório de nosso canal:

Últimas notícias



Este post está arquivado em: Notícias

Marcadores:

Publicado por: Equipe Direita Realista

Classificação: 5 / 5. Votos: 1.

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!