Criança é torturada por dupla de lésbicas e pode ficar em estado vegetativo permanente

Criança de apenas 6 anos é torturada por dupla de lésbicas, a própria mãe e sua parceira, e pode ficar em estado vegetativo permanente. O crime teria acontecido porque a menina bebeu um copo de leite sem pedir autorização.

Publicado em 28 de abril de 2021, às 11:47, por: Equipe Direita Realista.

Criança de apenas 6 anos é torturada por uma dupla de lésbicas, a própria mãe e sua parceira, e pode ficar em estado vegetativo permanente.

A menina, com sinais de espancamento, deu entrada em estado grave, no início da tarde desta segunda-feira, no Hospital Municipal São Francisco de Assis, em Porto Real.

Segundo a PM, as duas são “suspeitas das agressões” e a violência teria começado porque a criança bebeu um copo de leite sem pedir autorização.

Segundo o Extra, ao dia 21 de abril de 2021, a justiça decretou a prisão preventiva das duas, e o texto do juiz Marco Aurélio da Silva Adania explicita a gravidade das agressões e os detalhes macabros deste fato revoltante: “A criança vinha sendo privada de alimentação há meses e, por conta das agressões sofridas, encontra-se internada em estado grave, apresentando hemorragia intracraniana inoperável e sério risco de vir a óbito ou permanecer em estado vegetativo“.

O magistrado ressalta ainda que as duas presas confessaram o crime à 100ª DP (Porto Real), responsável pelas investigações, e também pesou contra a dupla homoerótica o fato de que o socorro só foi acionado na manhã de segunda-feira, quando a menina já não apresentava nenhuma reação — “talvez por temerem seu falecimento”, diz o juiz.

Adania ainda enumerou detalhes da violência contra a menina . Segundo a mãe de uma das suspeitas, que também mora na residência, as agressões começaram no fim da noite de sexta-feira e continuaram por pelo menos 48 horas. Foram “socos e chutes por diversas vezes”, além de a vítima ter sido “arremessada contra a parede e contra um barranco de 7 metros de altura, e de ser chicoteada com um cabo de TV”, sendo submetida a “intenso sofrimento físico e psicológico”, conforme afirma o juiz na decisão.

Atualização: parece que a criança infelizmente não resistiu e faleceu. Que Deus acolha essa pobre vítima em Sua eterna glória.

Ultimas notícias



Este post está arquivado em: Notícias

Marcadores:

Publicado por: Equipe Direita Realista

Classificação: 5 / 5. Votos: 1.

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!