Elize Matsunaga, esquartejadora do marido, é autorizada a conceder entrevista

Elize Matsunaga, uma mulher que assassinou e esquartejou o marido, é autorizada a conceder entrevista pelo o que chamam de justiça no Brasil.

A juíza Sueli Zeraik de Oliveira Armani, da Vara de Execução Criminal de São José dos Campos, autorizou a assassina condenada a dezesseis anos de prisão por matar e esquartejar Marcos Matsunaga, em 2012, a ser entrevistada por uma produtora que fará um documentário sobre o crime.

A família da vítima, especificamente os pais de Marcos, pediram a negação da entrevista, afirmando discordar veementemente da matéria e a divulgação de qualquer conteúdo relacionado à morte do filho. Eles também estão preocupados com a integridade psicológica da neta, filha de Marcos, de quase 8 anos de idade e que vive com eles.

“Ainda que outra fosse a solução aqui adotada, apenas momentaneamente satisfaria os interesses dos familiares intervenientes, na medida em que nada nem ninguém poderia impedir a sentenciada de falar quando galgasse a liberdade”, disse a magistrada na sentença.

Mais notícias

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!