Em entrevista, Kajuru revela bomba sobre Gilmar Mendes

Em entrevista, Kajuru revela bomba sobre Gilmar Mendes, afirmando que tal ministro teria soltado o secretário de Transportes de São Paulo preso por corrupção a pedido de Doria e Marconi Perillo. Acesse aqui a descrição completa.


Descrição

Em entrevista cedida ontem (10/08) ao programa Os Pingos nos Is, da Jovem Pan, o senador Jorge Kajuru revela bomba sobre Gilmar Mendes, afirmando que tal ministro do Supremo teria soltado o secretário de Transportes de São Paulo, Alexandre Baldy, preso por corrupção, a pedido dos governadores João Doria e Marconi Perillo.

Segundo Kajuru, Perillo e Doria teriam telefonado para Gilmar pedindo a soltura de Baldy, pois o ministro estaria “devendo um favor” ao governador. “[Perillo] foi o primeiro, logo após a prisão de Baldy pela Polícia Federal em São Paulo, a ligar para o Gilmar e começar a convencê-lo a fazer a liminar que o soltaria. Foi por favor, ‘toma lá da cá’. E o governador de SP participou também da conversa, Marconi pediu que Gilmar também ouvisse o pedido de Doria”, disse.

O parlamentar garantiu que tem “todas as provas” das suas acusações e que vai falar quem passou a informação caso seja chamado pela Justiça. “Falo rindo com o maior prazer para mostrar para o Brasil quem é Gilmar Mendes”.

Mendes determinou a soltura do secretário na sexta-feira à noite. Foi sorteado relator do caso e, na decisão, afirmou que a prisão temporária não pode ser utilizada “para forçar a presença ou a colaboração do imputado em atos de investigação ou produção de prova”. Para o ministro, a soltura também é justificada pelo fato de os supostos crimes terem acontecidos em 2018.

Na entrevista, Kajuru fez outras graves denúncias, como esquemas de venda de sentenças e outras falcatruas tipicamente estatais.

Lembrando que o mero fato de publicar esta entrevista aqui não significa necessariamente apoio em qualquer grau ao senador Kajuru, ou a quem quer que seja, ou que acreditamos no que foi falado.

Últimas notícias

Mais informações

Disclaimer: exceto quando explicitado na publicação, não temos nenhuma ligação com o conteúdo divulgado ou seuu(s) criador(es). É também interessante notar que, apesar do nome do site, nem todo conteúdo publicado aqui pode ser rotulado como "de direita" ou de algo que o valha. Pode ser simplesmente algo interessante e/ou edificante que mereça ser arquivado ou pra realizar um simples registro histórico. Saiba mais sobre o Direita.TV aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *