Maquiador é atacado ferozmente na Internet após declarar apoio a Bolsonaro

O maquiador Augustin Fernandes é atacado ferozmente na Internet após declarar apoio a Jair Bolsonaro em seu Instagram, recebendo ofensas diversas do movimento LGBT, inclusive de cunho homofóbico.

Segundo o MBL, Fernandez publicou, no dia 30 de setembro de 2018, um vídeo explicando os motivos pelos quais apoiava a candidatura do militar da reserva, dizendo que não sabia ser hipócrita ou falar apenas o que as pessoas querem ouvir e, por isso, não iria aderir a “campanha sem nexo apenas pra ganhar curtidas e comentários”, dizendo que é coisa de “Maria vai com as outras”. O maquiador também pediu para que não votassem em candidatos que não tem chance de ganhar, dizendo que “lavar as mãos neste momento é um ato de covardia”.

A resposta da militância LGBT, fortemente contrária ao candidato do PSL, foi lançar uma série de ataques ao maquiador, que relatou que estava assustado com os comentários que estava recebendo. Alguns, inclusive, desejando sua morte. “As pessoa pregam tolerância, mas quando você discorda com elas te xingam, desejam a morte e sabotam a sua carreira / empresa. Isso nunca foi tolerância, isso è EGO, FANATISMO e HIPOCRISIA”, publicou Fernandez em seu Instagram.

Veja também

  1. Veja os comentários homofóbicos contra o maquiador que declarou apoio a Bolsonaro – Notícia completa na fonte.

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!