Padre Paulo Ricardo – Memória de São Jorge, Mártir (Vídeo)

Nesta Homilia Diária, o Padre Paulo Ricardo celebra a memória de São Jorge, militar que viveu na região da Palestina e sofreu o martírio no Século IV durante a perseguição de Diocleciano. Acesse aqui a descrição completa.


Descrição

Nesta Homilia Diária, o Padre Paulo Ricardo celebra a memória de São Jorge, um santo bastante popular, mas pouco conhecido por sua vida e virtudes. Trata-se de um grande mártir.

Estamos acostumados a ver imagens dele a matar um dragão, o que levou muitos historiadores a duvidar da existência do santo. Mas é preciso não confundir alhos com bugalhos. De fato, o episódio narrado pela lenda segundo a qual Jorge teria matado o dragão é lendário. No entanto, a existência de S. Jorge e sua santidade são indubitáveis.

Assista à homilia do Padre Paulo Ricardo para o dia 23 de abril de 2021, mas sem data de validade, e conheça mais sobre a vida de São Jorge, megalomártir!

“Como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo por causa do Pai, assim o que me come viverá por causa de mim. Este é o pão que desceu do céu”.

São Jorge, Mártir (+ Lida, Palestina, 303)

Pouco se conhece a respeito de sua vida, sabendo-se apenas que era militar e sofreu o martírio durante a perseguição de Diocleciano.

Seu culto se espalhou rapidamente pelo Oriente, e por ocasião das Cruzadas teve grande penetração no Ocidente. Muitas lendas correm a seu respeito, entre as quais a mais popular é a do dragão, que teria sido morto por ele.

São Jorge é padroeiro da Inglaterra e da Etiópia. O grito de combate dos portugueses durante a Batalha de Aljubarrota (1385) era: “Por Portugal e São Jorge”.

O Brasil herdou de Portugal a tradição de incorporar, nas procissões de Corpus Christi, uma imagem de São Jorge montado a cavalo e armado como militar.

Veja também

Mais informações

Disclaimer: exceto quando explicitado na publicação, não temos nenhuma ligação com o conteúdo divulgado ou seuu(s) criador(es). É também interessante notar que, apesar do nome do site, nem todo conteúdo publicado aqui pode ser rotulado como "de direita" ou de algo que o valha. Pode ser simplesmente algo interessante e/ou edificante que mereça ser arquivado ou pra realizar um simples registro histórico. Saiba mais sobre o Direita.TV aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *