Padre Paulo Ricardo – Memória de São Paulo Miki e companheiros mártires (Vídeo)

Homilia do Padre Paulo Ricardo em memória de São Paulo Miki e companheiros mártires, assassinados no Japão no século XVI por escolherem anunciar o Evangelho e ser fiéis a Jesus Cristo até às últimas consequências.  Acesse aqui a descrição completa.


Descrição

A Homilia Diária de número 1389 do Padre Paulo Ricardo foi feita em memória de São Paulo Miki e companheiros mártires, assassinados no Japão no século XVI.

Ao contrário daqueles que propagam o indiferentismo religioso, esses homens forjados pela graça de Deus não aceitaram “crer em alguma coisa”, mas escolheram anunciar o Evangelho e ser fiéis a Jesus Cristo até às últimas consequências.

Assista a esta homilia do Padre Paulo Ricardo feita para o dia 6 de fevereiro de 2020 (mas serve para todos os anos) e medite conosco sobre a missionariedade da Igreja, que nos impele a proclamar a existência de um único Senhor e Salvador, Jesus Cristo.

Jesus chamou os doze e começou a enviá-los dois a dois. Então os doze partiram e pregaram que todos se convertessem.

Santos Paulo Miki e Companheiros, Mártires (+ Nagazaki, Japão, 1597)

São Paulo Miki era jesuíta e se dedicava ao ensino do catecismo com muito zelo, obtendo nesse apostolado conversões espantosas.

Foi crucificado em Nagazaki, por ordem do imperador pagão, juntamente com outros dois jesuítas, seis franciscanos e dezessete leigos.

Foram canonizados pelo Papa Pio IX, em 1862. A elevação sobre a qual os 26 heróis de Jesus Cristo receberam o martírio ficou conhecida como Monte dos Mártires.

A festa de Santos Paulo Miki e Companheiros Mártires é celebrada pela Igreja dia 6 de fevereiro.

Veja também

Mais informações

Disclaimer: exceto quando explicitado na publicação, não temos nenhuma ligação com o conteúdo divulgado ou seuu(s) criador(es). É também interessante notar que, apesar do nome do site, nem todo conteúdo publicado aqui pode ser rotulado como "de direita" ou de algo que o valha. Pode ser simplesmente algo interessante e/ou edificante que mereça ser arquivado ou pra realizar um simples registro histórico. Saiba mais sobre o Direita.TV aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *