Bolsonaro detona a imprensa e manda jornalista fazer faculdade de novo

Em entrevista coletiva que aconteceu hoje, dia 16 de maio, cedida nos Estados Unidos, Bolsonaro desmente e detona imprensa e manda jornalista fazer faculdade de novo, desta vez, numa que preste.

A repórter questionou se, com os cortes no orçamento, não ficaria ainda mais difícil ter universidades brasileiras entre as melhores do mundo. Então, Bolsonaro explicou que não era corte, mas contingenciamento e perguntou a se a repórter era da Folha de S.Paulo, um órgão da imprensa famoso por disseminar fake news a respeito do presidente e lacração em geral.

Depois de mandar a repórter “entrar de novo numa faculdade que presta e fazer um bom jornalismo”, e complementar, dizendo que “é isso que a Folha tem que fazer e não contratar qualquer uma ou qualquer um para ser jornalista, para ficar semeando a discórdia e perguntando besteira por aí e publicando coisas nojentas”, o presidente foi aplaudido.

Posteriormente, em seu Twitter pessoal, Bolsonaro afirmou que, “pela falta de recursos se faz contingenciamento. Todos os governos já fizeram isso, inclusive na Educação. Aqui nos Estados Unidos uma repórter da Folha desconhecia a diferença entre corte e contingenciamento”. Ele também publicou o trecho da entrevista:

Já no vídeo abaixo, trazido diretamente do canal Folha do Brasil, temos uma parte mais completa da coletiva, onde, além destes assuntos tratados acima, ele também falou sobre o Ministério Público e a quebra de sigilo bancário do senador Flávio Bolsonaro e sobre a “greve” dos estudantes que aconteceu ontem (15):

http://youtu.be/ouSw9VU8Xw0

Últimas notícias

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!