Deputados tumultuam votação da MP 867 e Câmara vira pancadaria

Publicado em 30 de maio de 2019, às 19:56.

Deputados tumultuam votação da MP 867 e Câmara vira pancadaria, com estes indivíduos se empurrando e se aplicando cabeçadas. Este novo barraco parlamentar aconteceu hoje (30).

A MP 867 foi editada pelo ex-presidente Michel Temer e altera do Código Florestal (Lei 12.651/2012). O texto original, editado nos últimos dias do governo Temer, apenas estendia até 31 de dezembro deste ano o prazo para adesão ao Programa de Regularização Ambiental (PRA) pelo proprietário ou posseiro rural inscrito no Cadastro Ambiental Rural (CAR).

Entretanto, o deputados iniciaram um entrevero no plenário e chegaram a entrar em confronto físico. Geovania de Sá, que presidia a sessão, fez um apelo: “Não é com violência, não é com gritos que nós vamos resolver as coisas”.

A medida refere-se a temas ambientais. A Câmara aprovou, por 243 a 19 votos, o texto-base, que prorroga o prazo de adesão do produtor rural ao Programa de Regularização Ambiental (PRA) até 31 de dezembro de 2020, sem restrições de crédito. O texto também flexibiliza trechos do Código Florestal.

O vídeo abaixo mostra o barraco e as vulgaridades em questão, algo corriqueiro entre políticos e outros burocratas estatais:

Últimas notícias



Este post está arquivado em: Notícias

Classificação: 0 / 5. Votos: 0.

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!