Polícia indicia Najila Trindade no caso Neymar

Polícia de Sáo Paulo indicia Najila Trindade e seu ex-marido, Estivens Alves, por extorsão, denúncia caluniosa e fraude processual no Caso Neymar.

Meses atrás, a modelo acusou o jogador de estupro durante encontro em Paris, mas após a conclusão do dois inquéritos que tramitavam pelo 11º DP (Santo Amaro), a delegada, “com base no conjunto probatório reunido durante as investigações, decidiu pelo indiciamento de N. e Estivens Alves seu ex-companheiro, pelo crime de fraude processual (art. 347, parágrafo único, CP). Decidiu, ainda, por indiciar Alves pelo artigo 218-C, por divulgar material com conteúdo erótico de N. para um repórter, em troca de publicações suas na internet”, conforme diz a nota da Secretaria de Segurança Pública.

As peças são desdobramentos do caso investigado foi encerrado junto à 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, sob a presidência da Doutora Juliana Lopes Bussacos.

Os inquéritos, que seguem sob segredo de Justiça, foram encaminhados ao Tribunal de Justiça para apreciação dos representantes do Ministério Público e do Poder Judiciário.

No vídeo abaixo, o Enzuh comenta a notícia:

Últimas notícias

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!