Antes de banir conservadores, Twitter restitui conta de esquerdista banida por discurso de ódio

Pouco mais de um mês antes de banir conservadores, como o ator James Woods e o YouTuber Paul Joseph Watson, o Twitter restitui silenciosamente uma conta de um esquerdista banida por discurso de ódio.


Pouco mais de um mês antes de banir conservadores, como o ator James Woods e o YouTuber Paul Joseph Watson, o Twitter restitui silenciosamente uma conta de um esquerdista banida por discurso de ódio.

Em março deste ano, o “bispo” Talbert Swan, um sujeito descrito como um típico e ordinário esquerdista, tolerante, amoroso e racista. O auto “sacramentado” pastor deveria ser banido permanentemente no Twitter por várias violações flagrantes de racismo, no entanto, ele continua enchendo o saco por lá.

Segundo a fonte, Twitter Quietly Reinstates Leftist Account That Was Permanently Banned For Hate Speech, Swan faz declarações antissemitas, promove a Sharia, gosta de ostentar seu dinheiro e não vê problemas em chamar brancos de nazistas, membros da Ku Klux Klan e de outros termos depreciativos.

Agora, graças aos padrões duplos esquerdistas bem assimilados pelo Twitter, o sujeito está de volta, com perfil verificado e continuando a destilar racismo. Enquanto isto, direitistas e antiesquerdistas em geral sofrem censuras explícitas ou veladas nas redes sociais…

Veja também

Mais informações

Disclaimer: exceto quando explicitado na publicação, não temos nenhuma ligação com o conteúdo divulgado ou seuu(s) criador(es). É também interessante notar que, apesar do nome do site, nem todo conteúdo publicado aqui pode ser rotulado como "de direita" ou de algo que o valha. Pode ser simplesmente algo interessante e/ou edificante que mereça ser arquivado ou pra realizar um simples registro histórico. Saiba mais sobre o Direita.TV aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *