Antes de banir conservadores, Twitter restitui conta de esquerdista banida por discurso de ódio

Publicado em 4 de maio de 2019, às 11:24.

Pouco mais de um mês antes de banir conservadores, como o ator James Woods e o YouTuber Paul Joseph Watson, o Twitter restitui silenciosamente uma conta de um esquerdista banida por discurso de ódio.

Em março deste ano, o “bispo” Talbert Swan, um sujeito descrito como um típico e ordinário esquerdista, tolerante, amoroso e racista. O auto “sacramentado” pastor deveria ser banido permanentemente no Twitter por várias violações flagrantes de racismo, no entanto, ele continua enchendo o saco por lá.

Segundo a fonte, Twitter Quietly Reinstates Leftist Account That Was Permanently Banned For Hate Speech, Swan faz declarações antissemitas, promove a Sharia, gosta de ostentar seu dinheiro e não vê problemas em chamar brancos de nazistas, membros da Ku Klux Klan e de outros termos depreciativos.

Agora, graças aos padrões duplos esquerdistas bem assimilados pelo Twitter, o sujeito está de volta, com perfil verificado e continuando a destilar racismo. Enquanto isto, direitistas e antiesquerdistas em geral sofrem censuras explícitas ou veladas nas redes sociais…

Veja também



Este post está arquivado em: Notícias

Marcadores: ,

Classificação: 0 / 5. Votos: 0.

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!