Presidente é silenciado pela Big Tech

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, é silenciado pelas redes sociais geridas pela Big Tech por ele ter repassado informações de site de revista da grande mídia.

Publicado em 26 de outubro de 2021, às 11:44, por: Equipe Direita Realista.

Presidente é silenciado pela Big TechO presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, é silenciado pelas redes sociais geridas pela Big Tech por alegadamente ter divulgado fake news, mesmo simplesmente tendo repassado informações de site de revista da grande mídia.

O Instagram, Facebook e Twitter removeram, nesta última semana, a live em que o presidente Jair Bolsonaro associou as vacinas contra a Peste Chinesa à Síndrome de Imunodeficiência Adquirida (AIDS). Em comunicado, a plataforma informou que retirou o vídeo do ar por violar as diretrizes de desinformação médica da empresa sobre o vírus chinês: “as nossas diretrizes estão de acordo com a orientação das autoridades de saúde locais e globais, e atualizamos as nossas políticas à medida que a orientação muda. Aplicamos as nossas políticas de forma consistente em toda a plataforma, independentemente de quem for o criador ou qual a sua opinião política”.

Entretanto, a associação foi aleatória nem tirada da cartola: Bolsonaro teria simplesmente repetido informações divulgadas por órgãos da imprensa como o site da Exame. Mesmo com a revista alterando o artigo, originalmente intitulado “Algumas vacinas contra a covid-19 podem aumentar o risco de HIV”, este ainda pode ser acessado sem modificações em arquivos da web, como aqui e aqui.

Além disso, o trecho em que Bolsonaro menciona a manchete da Exame é de menos de 30 segundos, e ele nem se aprofundou no mérito da questão. Entretanto, bastou para a oposição fazer seus costumeiros escândalos e pedir ainda mais censura na internet.

De qualquer maneira, o canal do presidente no YouTube ainda foi suspenso por uma semana. É possível visitá-lo, mas Bolsonaro e sua equipe não poderão publicar vídeos durante este período.

Fonte: Jovem Pan.

No vídeo abaixo, do canal do programa Os Pingos nos Is, da Jovem Pan, comenta-se e passa a notícia. O trecho conta com apresentação de Vítor Brown e participações de José Maria Trindade, Guilherme Fiuza, Ana Paula Henkel e Augusto Nunes:

Como podemos ver, a adesão às redes alternativas é sempre um tema importante e cada vez mais urgente. Temos algumas aqui, a propósito. Siga-nos por lá também.

Veja também



Este post está arquivado em: Notícias

Marcadores: ,

Publicado por: Equipe Direita Realista

Classificação: 5 / 5. Votos: 1.

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados