Vírus chinês expõe atraso trabalhista no Brasil

Este vídeo do canal ANCAP.SU mostra como o vírus chinês expõe o atraso trabalhista em que vivemos, o que está potencializando enormemente os problemas econômicos e sociais advindos da pandemia de Kung-Flu. Clique aqui para a descrição completa.


Descrição

Este vídeo do canal ANCAP.SU mostra como o vírus chinês expõe o atraso trabalhista em que vivemos, especialmente no Brasil.

A pandemia de Kung-Flu está impactando o mundo todo e, no Brasil, não é diferente: várias partes do país já estão em quarentena, empresas já baixaram as portas, indústrias paralisaram sua produção. Os efeitos devastadores da pandemia são evidentes para todos.

O mais terrível desses efeitos está sendo a morte de milhares de pessoas mundo afora. Porém, na realidade brasileira, o caso da Febre de Wuhan tem lançado luz sobre um dos maiores estorvos à atividade empresarial: a absurda e soviética legislação trabalhista que estamos submetidos, a criação do ditador Getúlio Vargas que é quase impossível de ser compreendida.

Vargas, tirano fascista e amado pelas esquerdas, fez um Decreto-Lei, ou seja, uma Lei positivada estipulada pelo Executivo, inspirada na Carta del Lavoro do fascista Mussolini, que regulamenta, em mais de 900 artigos (!) as relações entre patrões e empregados no país.

Não podemos nos esquecer, também, que o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) é criatura concebida pela Ditadura Militar.

Veja também

Mais informações

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *