Belo Horizonte foi “bombardeada” pelas chuvas, mas prefeito quer fazer festa

Publicado em 29 de janeiro de 2020, às 18:45.

As chuvas deste mês de janeiro castigaram gravemente Belo Horizonte, deixando até regiões nobres da capital mineira semelhantes a cenários de bombardeio, mas isto não vai impedir o prefeito Alexandre Kalil (PSD) de fazer festa de carnaval.

Segundo este indivíduo, “vai ter Carnaval, sim. O povo é obrigado só a sofrer? Nós temos que limpar e cuidar desta cidade agora”, de acordo com o Estado de Minas. Ele também alegou que as festas não são feitas com dinheiro público.

O engraçado é que a prefeitura dessa cidade já havia divulgado as regras para os blocos de rua que querem auxílio financeiro para desfilar neste ano, e vai ser uma bolada.

Como pode ser visto neste link do site oficial da Prefeitura de Belo Horizonte, o executivo informou que irá desembolsar R$ 850 mil para distribuir entre 102 blocos carnavalescos. Em 2019, a verba variou entre R$ 3 mil e R$ 10 mil. Para este ano, esses valores ficarão entre R$ 3.500 e R$ 12 mil. Conforme edital divulgado pela Belotur, os blocos serão divididos em quatro categorias, sendo que os 33 classificados na “A” vão receber o valor máximo.

Será que ele mudou de ideia e esqueceu de atualizar o site?

Enfim, convenientemente ou não, Kalil também ignorou os curtos extras representados com, por exemplo, a alocação de fiscais de trânsito e guardas municipais. Não lembrou também do serviço de limpeza urbana para limpar a cidade antes e depois das festas (que causam muita sujeira) e outros gastos diversos causados pelo enorme número de pessoas concentrados em pequenas áreas da cidade.

Ao que parece, o tal Kalil também acha que festa de carnaval vai trazer alegria para quem mora nas regiões mais afetadas pelas chuvas, como é a região da praça Marília de Dirceu, no bairro Lourdes, um dos mais nobres da capital mineira:

O portal BHAZ publicou esse vídeo também na mesma região, o que chamou de cenário de guerra:

Ainda nesta manhã (29), ao menos 12 carros bastante danificados – alguns capotados -, oito estabelecimentos danificados, ruas sem energia elétrica e presença de agentes, especialmente da BHTrans.

A chuva forte que atingiu a cidade ontem também causou transtornos em várias outras regiões, como esta, próxima ao BH Shopping:

Inclusive, houve desabamento até no próprio centro comercial:

http://twitter.com/dandandaibert/status/1222301523268526081

O bairro São Bento, outro ponto considerado nobre desta cidade, ficou completamente inundado:

E a previsão é de ainda mais chuva na capital mineira. “Possibilidade de pancadas de chuva (50 a 70 mm) com raios e rajadas de vento que podem superar os 50 km/h até 8h de quinta-feira (30)”, afirma, em alerta emitido, a Defesa Civil de BH.

Como se vê, Belo Horizonte está perfeitamente preparada para receber 5 milhões de turistas. Certamente investir em bloquinhos de carnaval, fechando ruas e colocando som alto, também é algo que vai trazer muito bem estar aos moradores da cidade, especialmente aos que mais perderam com estas chuvas.

Veja também



Este post está arquivado em: Notícias

Marcadores:

Classificação: 0 / 5. Votos: 0.

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!