Determinado o fim do diálogo com o MST

Segundo a Folha de S.Paulo, o coronel João Miguel Souza Aguiar Maia de Sousa, atual ouvidor agrário nacional do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), determinou, na prática, o fim do diálogo com o MST.

Em documento enviado às superintendências do órgão, o coronel orientou que seus chefes subordinados não recebam mais entidades ou representantes “que não possuam personalidade jurídica”, o que é o caso deste movimento socialista, e que “não deverão ser atendidos invasores de terras (estes devem ser notificados conforme a lei)”.

O memorando-circular foi enviado nesta quinta-feira (21) a todas as superintendências do órgão.

O coronel foi escolhido para o cargo pelo novo presidente do Incra, o general da reserva João Carlos de Jesus Corrêa, quem, por sua vez, foi indicado por Jair Bolsonaro para presidir o Incra.

Veja também

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!