Hermes Rodrigues Nery – Passaporte da vacina é ditadura sanitária

O professor Hermes Rodrigues Nery fala sobre o passaporte da vacina, o qual está avançando sem discussão pública na Câmara, afirmando que isto será o marco inicial de uma ditadura sanitária. Acesse aqui a descrição completa.


Descrição

Em entrevista cedida aOs Pingos nos Is, o professor Hermes Rodrigues Nery fala sobre o passaporte da vacina, o qual está avançando sem discussão pública na Câmara, afirmando que isto será o marco inicial de uma ditadura sanitária, alterando “drasticamente, direitos civis básicos, constitucionais, garantidos pela Constituição”.

Nesta edição de ontem (6/7/21) do programa da Jovem Pan, Nery, que também é coordenador nacional do Movimento Legislação e Vida, falou sobre a obrigatoriedade da vacina contra a Peste Chinesa e o tal Certificado de Imunização e Segurança Sanitária.

De acordo com Rodrigues Nery, ainda há dúvidas sobre a maneira como as vacinas contra essa doença foram produzidas, afirmando que “vários casos de efeitos adversos estão surgindo. Ainda assim, há um projeto de lei que pretende impor, por meio do passaporte sanitário, a obrigatoriedade da vacina. Será o marco inicial de uma ditadura sanitária”.

O professor argumenta que é essencial debater o Certificado de Imunização e Segurança Sanitária. “Temos de conversar com o Congresso Nacional, com o Parlamento brasileiro (…). No entanto, estamos encontramos dificuldades para estabelecer esse debate, pois há histeria coletiva em relação ao tema”.

Segundo Rodrigues Nery, a presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, Bia Kicis (PSL-DF), se comprometeu a apresentar um requerimento a fim de promover audiências públicas acerca do PL 1.674/2021. “Estamos aguardando as datas dos debates, porque é muito importante falarmos sobre o assunto”, o que ele considera de suma importância.

Últimas notícias

Mais informações

Disclaimer: exceto quando explicitado na publicação, não temos nenhuma ligação com o conteúdo divulgado ou seuu(s) criador(es). É também interessante notar que, apesar do nome do site, nem todo conteúdo publicado aqui pode ser rotulado como "de direita" ou de algo que o valha. Pode ser simplesmente algo interessante e/ou edificante que mereça ser arquivado ou pra realizar um simples registro histórico. Saiba mais sobre o Direita.TV aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *